Fisioterapia


O pavimento pélvico (períneo) é constituído por um conjunto de músculos e ligamentos que fecham a cavidade abdominal na sua porção inferior (entre as pernas). Tem a função de manter os órgãos pélvicos (bexiga, próstata, uretra, útero, vagina e reto) na posição adequada. É como se fosse o “chão da nossa casa” (soalho pélvico) em que o tecto é o diafragma (musculo respiratório que divide a cavidade torácica da abdominal) e as paredes, os músculos do nosso tronco inferior (abdómen e coluna/costas).

Estes músculos do pavimento pélvico, entrelaçados entre si, formam uma “taça muscular” na base da nossa bacia. Essa taça muscular imaginária estaria suspensa no osso do sacro (onde termina a coluna vertebral), na sínfise púbica (região anterior) e nos ossos ilíacos. Sobre esta taça muscular (que fecha a bacia por baixo) estão os órgãos pélvicos. Ao contrário de uma taça estática, o nosso pavimento pélvico não é rígido, até certo ponto é dinâmico, adaptando-se ao nosso movimento, mudanças posturais, etc.. , mantendo uma tensão adequada que suporta a bexiga, o útero e o recto dentro da bacia. Quando o pavimento pélvico enfraquece, as estruturas que suporta descem e, portanto, a sua função altera-se.

Um pavimento pélvico debilitado pode causar perdas de urina, desconforto, prolapso (queda dos órgãos intra-abdominais), dores lombares e mesmo disfunções sexuais. Se tiver algum destes sintomas consulte o seu médico para avaliar em que estado se encontram os órgãos e um fisioterapeuta que avalie a sua musculatura pélvica.

Sabia que……
…. antes de fortalecer os seus abdominais deveria de fortalecer os músculos do pavimento pélvico (MPP)?
… que há protocolos de exercícios específicos para os MPP?
… o Fisioterapeuta é o PT que estabelece o plano de exercícios adequados aos músculos do seu PP?
… se souber controlar os movimentos dos MPP e fortalecê-los, consegue dar e ter mais prazer e ao mesmo tempo prevenir a incontinência urinária (IU), a incontinência fecal (IF) e/ou outras disfunções do PP?
… a IU e/ou IF não é só uma condição que afeta os idosos
a IU é mais comum nos idosos, mas não é normal
… A IU não afeta só as mulheres, na realidade, em Portugal estima-se que por cada três mulheres há um homem com IU
… grande percentagem de jovens e adultos desportistas sofre de IU e/ou IF
… um grande número de casos de IU/IF é devido a fraqueza dos músculos do pavimento pélvico (MPP)
….se todos nós fossemos educados/treinados, desde crianças, a coordenar os movimentos de contração/relaxamento dos MPP, tal como somos educados a lavar os dentes, mais de 60% dos casos de disfunções dos MPP seriam evitados.
….após o parto pode e deve fortalecer os MPP e só depois de eles estarem bem fortes é que pode ir fazer determinados exercícios tais como abdominais, agachamentos, corrida, saltos, etc..
….grande parte das dores e disfunções na região do períneo/pavimento pélvico podem e devem ser tratadas.
… pessoas que sofrem de tosse crónica, obstipação, obesidade e/ou praticam desportos de impacto (saltos, corrida, levantamento de pesos, step, cross-fit, etc), se não tiverem um bom pavimento pélvico podem vir a sofrer de IU ou IF.
… os homens operados à próstata devem fazer precocemente fisioterapia aos MPP para prevenir e/ou tratar uma futura IU/IF e/ou disfunção eréctil
… quem tem prolapso da bexiga, útero ou intestino pode e deve fazer fisioterapia aos MPP, quer venha ou não a necessitar de cirurgia.
Qual ou quais a(s) soluçõe(s) para o tratamento das disfunções do pavimento pélvico, quer sejam elas a dor pélvica, incontinência urinária, fecal ou de gases?
Em 1º lugar deve procurar a ajuda dum médico da especialidade, adequado ao seu problema (Urologista, Ginecologista ou Gastroenterologista) e de um fisioterapeuta especialista na área das disfunções do PP, estes profissionais poderão ajudar no diagnóstico da sua condição e ao mesmo tempo tratar e/ou aconselhar determinados exames ou outros profissionais.
Uma equipa multidisciplinar é essencial para o ajudar, mas você é o principal agente de mudança para que consiga tratar e resolver o seu problema. Assim, torna-se imprescindível que mude os seus hábitos de vida (alimentação/exercício), deixe de fumar, diminua o seu índice de massa gorda, não tenha obstipação, nem tosse crónica, não salte, pule ou corra (pelo menos enquanto os MPP não estiverem fortes) e ACIMA DE TUDO: APRENDA OS EXERCÍCIOS que o seu Fisioterapeuta lhe irá ensinar e treinar consigo e REALIZE-OS DIÁRIAMENTE, PARA O RESTO DA VIDA!
Se sofre de alguma disfunção do pavimento pélvico o “MBS – Monte Belo saúde consultórios”, pode ajudar a resolver o seu problema. Temos ao dispor um conjunto de profissionais e técnicas especificas de intervenção que, com a sua colaboração, podem ajudar a resolver a sua situação.
Escrito por:

Helena Murta

Fisioterapeuta, Mestrada em Exercício e Saúde

Consulta

Preço por consulta – Informação sob consulta

Marque já a sua consulta

Newsletter

Copyright by Global_Mind 2018. All rights reserved.